21 dezembro 2015

Retrospectiva 2015

Tudo o que rolou nas redes sociais esse ano. 


Epa, o ano está acabando, um novo ano está prestes a começar e nada melhor do que relembrar tudo o que aconteceu em 2015. Todas os eventos que foram notícias, todos os dramas, as lutas, as opiniões e as polêmicas que se destacaram nas redes sociais.

Morte do Menino Sírio


Vocês já devem ter visto esta imagem acima. A foto foi tirada em uma praia na Turquia, o menino era integrante de uma família Síria, que buscava refugio em outro país. Estavam atravessando em um bote, onde continham tantos outros refugiados. O bote, não sustentando o peso, acabou por naufragar. O pai do menino tentou segurar ele e seu irmão mais novo, mas no desespero acabou perdendo a mão do garotinho. A maré levou o corpo até a praia da Turquia, onde foi encontrado.

Vários artistas fizeram uma homenagem ao menino Sírio encontrado morto na praia da Turquia. As imagens e vídeo divulgado nas redes sociais abriram os olhos da sociedade para um problema e para uma futura solução.


Rock In Rio (30 anos)


Com toda certeza essa edição deixou marcas assim como a primeira, ocorrida em 1985. E o show que - na minha humilde opinião - relembrou bons tempos foi o do Queen com participação do Adam Lambert, representando Freddie Mercurie. E só para melhorar o hit Love Of My Life foi novamente cantado pelo público e pelo Queen para relembrar nosso emblemático Freddie Mercurie. Além de Queen tivemos Halestorm, Rihana (inspirada na série Breaking Bad), Katy Perry, Hollywood Vampires (Johnny Depp, roubando a cena), Slipknot, Nightwish, etc. Repito claramente que, com toda certeza essa comemoração do Rock In Rio (30 anos) ficou na história do rock.

A volta do vlog Não Faz Sentido




Após um ano em hiatus o nosso querido comediante, vlogueiro, ator e empresário Felipe Neto retorna com o vlog Não Faz Sentido no dia 24 de setembro. O vídeo que o trouxe de volta foi “Dilma e o PT” – vídeo este que alcançou mais de 1 milhão de visualizações.


Hashtag#meuprimeiroassédio


Tudo começou com Valentina, uma menina de 12 anos que participava de um programa de culinária infantil: Master Chef. Um dia depois surgiu no twitter comentários pedófilos e de tarados de várias localidades, exemplo: "Essa Valentina com 14 anos vai virar aquelas secretárias de filme pornô", "Se tiver consenso é pedofilia?" perguntou outro. A partir desses comentários a Think Olga com apoio da Think Thank, que discute questões feministas, lançou a hashtag “meu primeiro assédio”. Os relatos são dos mais variados possíveis, incluindo homens e mulheres, que deixaram a vergonha de lado e falaram sobre a questão.

Feminismo no Enem


No primeiro dia trecho do livro, Segundo Sexo, de Simone Beauvoir,  no segundo dia redação, “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”, e no terceiro dia hashtag ‘machistas não passarão’. Uns aplaudiram, outros detestaram e no fim todo mundo conheceu e discutiu feminismo.

Lei da família e do aborto


Para você que lê o blog, deve ter visto a matéria que publiquei falando sobre a questão do aborto na sociedade (link aqui), pois então, este ano também foi de retrocessos. A lei da família, do aborto e etc, deixaram bem claro que os nossos governantes não pesam a saúde ou a educação da população, mas sim a guerra de poderes dentro da câmara.

“Tiazinha” correndo dos jornalistas




Não é de hoje que quem é pego no flagra ou na mentira (bem que dizem que mentira tem perna curta) corre do jornalista, enquanto o jornalista corre atrás da pessoa. E como os humoristas de plantão não poderiam deixar essa passar, surgiu nas redes sociais vários ‘memes’ e tirinhas de humor com imagens do vídeo – o que me faz lembrar o programa CQC teve um caso parecido.

Estocando vento




Foi no mês de outubro que a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, em um discurso na ONU sugeriu que deveria criar uma tecnologia que nos permitisse ‘estocar’ vento. Isso foi uma explicação “plausível” para as questões das energias renováveis nas quais ela citava em seu discurso. E como os internautas não perdoam nossa presidente virou motivo de chacota na internet.

Rompimento da barragem em Minas Gerais



Quem acompanhou as redes sociais ou as mídias televisivas deve ter visto o estrago causado pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco em Mariana (MG). O vilarejo de Mariana ficou completamente destruído pela lama que levou tudo que tinha pela frente. Foram cerca de 17 mortos encontrados até agora.

Atentado em Paris


Um ataque terrorista em Paris deixou cerca de 130 mortos e mais de 350 feridos em estado grave. Um dia depois de a notícia rodar os meios televisivos, pessoas de todo o mundo mudaram as fotos de seu perfil facebook para as cores da bandeira de Paris. Muitos não gostaram e até disseram ser ‘modinha’, ou indagaram qual tragédia seria pior. O que me faz questionar: será que existem tragédias maiores do que outras? Ou todas elas são tragédias?

Jogos Vorazes A Esperança – Parte 2


E para quem é fã de carteirinha e acompanha a série desde o primeiro filme, ou desde os seus livros, sabe do que falo. E já foram quatro semanas consecutivas no ranking dos filmes mais assistidos do ano – 1° lugar.

Impeachment Dilma


Presidente da câmara, Eduardo Cunha, apresenta proposta que exonera Dilma de seu cargo de presidente do Brasil. Caso o plenário da Câmara aceite o pedido, o pedido vai para analise no Senado, mas Dilma só poderá ser afastada se os Senadores aceitarem o pedido.

Cunha afastado


E depois de tantas investigações na operação Lava Jato, maior plano de corrupção da história, Cunha finalmente foi afastado de seu cargo no congresso. Para Janot, a decisão de afastar Cunha se fundamenta “inclusive no que tange à necessidade de preservação da dignidade do parlamento brasileiro.”

Star Wars: O despertar da força


E depois de sete anos (pois o último foi lançado em 2008) de hiatus da franquia Star Wars a série está de volta. Estreou nos cinemas no dia 17 de dezembro.

Queda do Whatsapp por 48hrs


E para quem não sabe o whatsapp (claro que ficou sabendo, o mundo inteiro utiliza do serviço whatsapp) foi bloqueado durante 48hrs em todo o território brasileiro. Tudo isso porque a empresa não quis fornecer dados, após um pedido da justiça, para que pudessem encontrar um criminoso. A justiça não gostando determinou o bloqueio do aplicativo durante 48hrs. E para quem não agüentava mais ficar sem conversar pelo aplicativo, o bloqueio durou apenas 12hrs, pois através de uma liminar o aplicativo pode ser desbloqueado.


Um comentário: